REUNIDAS ENTRA EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Outras duas empresas do grupo estão na recuperação judicial

A justiça de Santa Catarina, pela Comarca de Caçador, aceitou na semana passada pedido de recuperação judicial de três empresas que formam o Grupo Reunidas, que atua no setor de transportes no Sul do país, com linhas interestaduais para o Sudeste. O grupo tem agora até dia 10 de julho para apresentar um plano de recuperação para os credores. Caso contrário, pode ter falência decretada.

De acordo com o pedido registrado no Diário Oficial de Justiça de Santa Catarina, estão envolvidas na recuperação judicial as empresas Reunidas Transportes Coletivos, Reunidas Transportadora Rodoviária de Cargas e Real Transporte e Turismo. As dívidas das três empresas somam quase 79,5 milhões de reais.

O administrador judicial será o Escritório Moore Stephens Metri Auditores, de Joinville. A condução do processo caberá ao contador Luiz Willibaldo Jung, de acordo com o colunista Pedro Machado, do Jornal de Santa Catarina.

A justiça proibiu que os credores que fornecem serviços essenciais, como água, energia elétrica e telefone cortem o fornecimento por causa de débitos, para não prejudicar a execução dos negócios das empresas. A determinação engloba as dívidas anteriores à recuperação judicial.

O Grupo Reunidas informou que optou pela recuperação para permitir uma reestruturação administrativa, financeira e operacional e que, como outras empresas no país, sofre com a crise econômica.

Reportagem de Adamo Bazani.

Fonte: Blog Ponto de Ônibus 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *