Transpiedade continua em Itajaí

Contrato com empresa paranaense foi refeito numa reunião que varou a noite. Empresa vai ganhar R$ 500 mil por mês.

Se você depende de ônibus para ir ao trabalho, escola ou outro compromisso em Itajaí, fique tranquilo: o serviço vai continuar. Numa reunião que terminou depois das 22h de sexta-feira, a prefeitura decidiu refazer o contrato com a empresa Transpiedade, que é do Paraná e que há um ano presta o serviço pelas ruas da cidade.

O contrato, que já teve duas renovações, terminou dia 28, sexta-feira. Havia um boato pela cidade que a empresa estaria de malas prontas.
De acordo com Sandro Ricardo Fernandes, secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da prefeitura de Itajaí, não houve a renovação automática mas foi feito um novo contrato emergencial com a Transpiedade.

Esse novo contrato muda, por exemplo, a contribuição que a prefeitura dá mensalmente à empresa para compensar as gratuidades, meias passagens e outros custos.
“Agora ao invés de ficar pagando todo mês um valor diferente, fazendo cálculos para o reequilíbrio do contrato, foi estabelecido um valor fixo”, informou.

Segundo Sandro Fernandes, a reunião com técnicos de várias secretarias, gabinete do prefeito e procuradores com representantes da empresa foi longa. “Foram feitos vários cálculos, avaliadas várias planilhas. Só terminou lá pelas 10 horas da noite”, contou.
Na avaliação do secretário, continuar o contrato com a Transpiedade vai trazer menos transtornos para a cidade. “Foi a decisão mais vantajosa. Senão você teria que fazer todo um novo trabalho de adaptação, trazer pessoal de fora para isso e esse custo todo seria repassado para o município”, argumenta. O contrato foi firmado por mais seis meses.
De acordo com Rodrigo Lamin, secretário de Urbanismo de Itajaí, cerca de 285 mil pessoas passam todo mês pelas catracas dos ônibus do sistema de transporte público na cidade. “Destes, em torno de 52 mil são passageiros gratuitos e 35 mil estudantes pagando meia passagem”, informa.

Licitação pode sair até final do ano

Técnicos do Laboratório de Trânsito (LabTrans), da universidade Federal de Santa Catarina, estão produzindo um estudo sobre mobilidade urbana em Itajaí. Sandro Fernando diz que o LabTrans tem até novembro pra entregar o relatório.
É com base nesse estudo, que a prefeitura vai fazer o edital para a licitação do serviço de transporte público urbano em Itajaí. Por isso, acredita, é possível que o processo licitatório saia até o final do ano.

Fonte: Diarinho

Florianópolis teve 111% de aumento no preço do transporte público em 10 anos


Estudo divulgado nesta segunda-feira pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento, com sede no Rio de Janeiro, aponta Florianópolis como a terceira capital brasileira com o maior aumento no preço do transporte público entre 2007 e 2017. Nos últimos 10 anos, o crescimento na cidade catarinense foi de 111%. Em primeiro lugar ficou Belém (130%) e em segundo Teresina (120%). O levantamento foi divulgado pela Globo News e pelo G1.

Outro dado alarmante para Florianópolis é os gastos de transporte para famílias com renda de até um salário mínimo. Na capital catarinense, isso representa 21% e é o segundo maior do país, apenas atrás de Belo Horizonte.

Passagem custa 4,20 em Florianópolis

O aumento mais recente da passagem em Florianópolis ocorreu em 1º de janeiro deste ano. O reajuste foi acima da inflação. O acréscimo de 7,39% fez as passagens saltarem de R$ 3,70 para R$ 3,98 no cartão, e de R$ 3,90 para R$ 4,20 no dinheiro. A inflação no período, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi de 2,70%, menos da metade do reajuste feito pelo Município.

Já na região metropolitana da Capital, as tarifas intermunicipais foram reajustadas em 4,99% em todo o estado de Santa Catarina. O aumento foi autorizado pelo Conselho de Administração do Departamento de Transportes e Terminais (Deter) no começo deste mês.

Texto de Ânderson Silva, repórter do Diário Catarinense.
Fonte: Diário Catarinense

Consórcio Fênix fará novos testes de internet nos ônibus de Florianópolis


O Consórcio Fênix começa nos próximos dias novos testes de internet a bordo dos ônibus do transporte coletivo de Florianópolis. Os equipamentos que facilitarão a navegação móvel serão instalados em três veículos, sendo dois articulados e um amarelinho. A ampliação para outros veículos e linhas depende da análise dos resultados, como velocidade oferecida, cobertura e utilização.

Texto de Ânderson Silva, repórter do Diário Catarinense.
Fonte: Diário Catarinense

Linhas de ônibus dos terminais Itaum e Iririú vão mudar em Joinville

Foto: Diego Lip

A partir de 30 de julho, o sistema de transporte coletivo de Joinville terá mudanças. Após um estudo, a Seinfra e as empresas que operam o transporte coletivo definiram um novo projeto para as linhas que compõem as estações do Iririú e do Itaum.

Segundo a Prefeitura de Joinville, o objetivo é ampliar a abrangência das linhas, o atendimento aos clientes e oferecer mais segurança aos passageiros. O formato atual foi implantado há mais de 15 anos e durante esse tempo houve apenas mudanças pontuais em linhas e itinerários.

Mudanças na Estação Iririú
Linha 0220 – Novos Horizontes via João Reinhold
Terá novo trajeto, com a unificação dessa linha com a linha 0221 Iririú e passará a atender à Rua João Reinhold.

Linha 0226 – Iririú via Novos Horizontes
Terá novo trajeto, unificando as linhas 0220 Novos Horizontes e 0221 Iririú. Trajeto semelhante ao da linha 0220, porém fará o retorno pela “Curva do Nereu”.

Criação da linha 0228 – Circular Cegonhas
Para atender às ruas Senador Rodrigo Lobo, Cegonhas e Xaxim, que deixará de ser atendida pela linha 0236.

Linha 0231 – Aventureiro Cohab
Terá novo itinerário, aumentando a segurança no desembarque dos alunos da escola municipal Curt Alvino Monich.

Criação da linha 0232 – Aventureiro Circular
Terá novo trajeto para oferecer mais segurança viária na Rua Tuiuti e reduzir o tempo de deslocamento da Estação Iririú para o PA Leste.

Linha 0236 – Paraíso/Iririú
Terá novo trajeto, redução do tempo de viagem, pois deixará de passar pela Rua Xaxim, que será atendida pela linha 0228 Circular Cegonhas.

Linha 0237 Parque Joinville
Passa a ser circular, com novo trajeto, ampliando o atendimento do bairro, passando também pelas ruas Martinho van Biene, Ivon Curi, Atilio Domingos Sdrigoti e Carlos Roberto Vilpert.

Mudança da Estação Itaum
Linha 1220 – Paranaguamirim circular
Terá novo itinerário, com a unificação das linhas 1211 e 1212.

As demais linhas das duas estações tiveram apenas ajustes nos horários. Mais informações no site, pelo 0800 47 5001 ou com o supervisores nos terminais.

Texto de Felipe Silveira
Fonte: O Mirante

ANTT autoriza supressões de serviços da Catarinense


Nesta segunda-feira, 23, a ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres atendeu pedidos da Auto Viação Catarinense para a supressão dos seguintes atendimentos, para se adaptar às mais recentes alterações destas linhas:

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Florianópolis (SC), prefixo nº 09-0042-00

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Foz do Iguaçu (PR) – Joinville (SC), prefixo nº 09-0219-60

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Piçarras (SC), prefixo nº 09-0037-00

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba/PR – Porto Alegre/RS e suas seções, prefixo nº 09-0031-30

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Porto Alegre/RS – Joinville/SC, prefixo nº 10-0000-30

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Campo Mourão (PR) – Aparecida (SP), prefixo nº 09-0334-00

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Brusque (SC), prefixo nº 09-0009-00

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Itajaí (SC), prefixo nº 09-0007-00, e suas seções

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – São Francisco do Sul (SC), prefixo nº 09-0232-60

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Foz do Iguaçu (PR) – Balneário Camboriú (SC), prefixo nº 09-0220-60

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Criciúma (SC), prefixo nº 09-0370-00

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba/PR – Taio/SC, prefixo nº 09-0011-00, e suas seções

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Foz do Iguaçu/PR – Rio do Sul/SC, prefixo nº 09-0035-60

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Blumenau (SC), prefixo nº 09-0227-00

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Ijuí (RS), prefixo nº 09-0023-00

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Lages (SC), prefixo nº 09-0221-00

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Criciúma (SC) – São Paulo (SP), prefixo nº 16-0000-30

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha São Paulo (SP) – (SC), prefixo nº 08-0003-60

– Deferir o pedido da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA. para a supressão da linha Curitiba (PR) – Florianópolis (SC), prefixo nº 09-0042-00

– Alterar a Licença Operacional – LOP nº 92 da empresa AUTO VIAÇÃO CATARINENSE LTDA., conforme modificações operacionais deferidas

Segundo as deliberações, não significa que as ligações deixam de existir, mas que houve alterações na licença e em alguns atendimentos.

Informações de Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes
Fonte: Diário de Transporte

Gaspar abre licitação para contratar nova empresa de transporte coletivo

Edital prevê concessão por 20 anos e passagem com preço máximo de R$ 4,00

Gaspar lançou edital de licitação para escolher a empresa que administra o transporte coletivo municipal. Segundo a prefeitura, o edital prevê que a futura concessionária coloque à disposição ônibus novos com acessibilidade e expanda linhas e horários. O futuro contrato será por 20 anos.

Por mês, cerca de 100 mil usuários passam pelo transporte coletivo gasparense. Hoje, o transporte do município opera em caráter emergencial. Segundo o prefeito Kleber Wan-Dall, empresas já manifestaram interesse em assumir o transporte municipal.

De acordo com o edital, a empresa que oferecer o menor custo de passagem será a vencedora, sendo que o valor máximo para a tarifa deverá ser de R$ 4,00. O edital segue à espera de interessados, e, se não houver impugnações, o vencedor deverá ser conhecido no dia 30 de agosto.

Horários de ônibus em Gaspar

Hoje, a empresa que opera emergencialmente em Gaspar é a Coletivo Caturani. O preço atual da passagem é de R$ 4,00. A empresa mantém uma página onde estão disponíveis os horários e linhas para a população. Clique aqui para consultá-los.

Fonte: O Município Blumenau