Entenda como será a soma da tarifa do transporte coletivo de São Bento do Sul

Durante a apresentação do plano de outorga para a contratação do transporte público coletivo de São Bento do Sul, também foi falado sobre o cálculo a ser usado para definir a tarifa cobrada dos usuários. Para o novo sistema de transporte público coletivo do município, será utilizado o método proposto pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), sendo conhecido como “Planilha ANTP”.

Como a empresa operadora atual não utiliza a metodologia proposta pela ANTP para o cálculo da tarifa, mas sim o método sugerido pela Empresa Brasileira de Planejamento de Transportes (GEIPOT/EBTU), alguns parâmetros adotados nessa nova planilha tiveram como referência outras localidades.

Desse modo, a planilha apresentada no projeto básico é uma versão preliminar, e ainda pode sofrer alterações. O plano de outorga chegou ao valor de R$ 4,92 para a tarifa, considerando todas as modificações propostas para o novo sistema, todos os custos e despesas envolvidos, os encargos gerais, os investimentos necessários, a depreciação, a remuneração, etc.

Atualmente, a tarifa está em R$ 4,40, mas, conforme exposto na audiência pública, a concessionária estima que deveria estar em R$ 4,99 – ou seja, haveria uma defasagem de R$ 0,59.

Próximos passos

Vale lembrar que este valor de tarifa não está confirmado. O plano de outorga ainda sofrerá algumas pequenas intervenções, para, em seguida, ser encaminhado ao Tribunal de Contas do Estado, para análise. O órgão tem 60 dias para mandar uma resposta. Concluída essa etapa, a Prefeitura poderá lançar a licitação do serviço de transporte.

Texto e Imagem de Elvis Lozeiko (elvis@gazetasbs.com.br)
Fonte: A Gazeta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *